Geraldine Chaplin virá ao Brasil receber homenagem

Com uma carreira extensa (estreou sendo dirigida pelo pai, Charles Chaplin, em Luzes da Ribalta, de 1952), Geraldine Chaplin virá ao Brasil, para uma homenagem a ser recebida pela BIFF – Brasília International Film Festival. O evento acontece de 28 de agosto a 6 de setembro, na capital federal.

Em "Luzes da Ribalta": Geraldine (8), ao lado dos irmãos, Michael (6) e Josephine (3).

Em “Luzes da Ribalta”: Geraldine (8), ao lado dos irmãos, Michael (6) e Josephine (3).

Na noite de abertura, com a presença de Geraldine Chaplin, será exibido o filme Luzes da Ribalta, um dos clássicos da obra de Charles Chaplin.

Além de ser filha de um dos maiores astros do cinema, Geraldine é neta do dramaturgo Eugenne O’Neill. Recebeu várias indicações ao Globo de Ouro, tendo participado de várias produções, como: Doutor Jivago, de 1965, A Época da Inocência (1993) de Martin Scorsese, Hable con Ella (2002), de Pedro Almodóvar, entre outros.

Em Dr. Jivago, Geraldine interpretou Tonya Gromeko

Em Dr. Jivago, Geraldine interpretou Tonya Gromeko

Confira uma parte da filmografia de Geraldine Chaplin:

2013 Segredos da Paixão
2013 Jo – Temporada 1
2012 O Impossível
2011 Americano
2011 Memoria de Mis Putas Tristes
2010 E se Vivêssemos Todos Juntos?
2010 O Lobisomem
2010 O Monge
2008 Diário Proibido
2007 O Orfanato
2006 Agatha Christie’s Miss Marple (2004) – Temporada 2
2006 100 Escovadas Antes de Dormir
2005 BloodRayne
2003 A Ponte de San Luis Rey
2003 Charlie: A vida e a Arte de Charles Chaplin
2002 Fale com Ela
2000 No Início
1998 A Vingança de Bette
1997 A Odisséia
1996 Jane Eyre – Encontro com o Amor Miss Scatcherd
1995 Feriados em Família
1993 A Época da Inocência
1992 Chaplin
1980 A Maldição do Espelho
1978 Cerimônia de Casamento Rita Billingsley
1976 Cría Cuervos
1976 Oeste Selvagem
1975 Nashville
1975 Noroeste
1973 Os Três Mosqueteiros
1967 A Condessa de Hong Kong
1967 Cassino Royale
1965 Dr. Jivago
1952 Luzes da Ribalta

Referências:

Adoro Cinema

BIFF – Brasília International Film Festival

Anúncios

Sobre Hallyson Alves

Sou historiador e psicólogo. Desde 2007 pesquiso sobre Charles Chaplin, ícone do cinema mundial, sendo este a principal inspiração para a minha dissertação de mestrado. Foi com o intuito de compartilhar um pouco desta pesquisa, que criei o Blog Chaplin, o primeiro blog com conteúdo exclusivo sobre o artista, em língua portuguesa. Além disso, venho construindo o blog Psicologia e Sentido, espaço reservado para conteúdos relacionados à busca humana pelo sentido da vida.

6 comentários

  1. Geraldine Chaplin

    Atriz norte-americana, de nome completo Geraldine Leigh Chaplin, filha do lendário Charles Chaplin e neta do dramaturgo Eugene O’Neill, nasceu a 31 de julho de 1944, em Santa Mónica, Califórnia. Os seus primeiros passos no cinema deu-os ao lado de seu pai em Limelight (Luzes da Ribalta), em 1952, mas foi o realizador David Lean que a “descobriu” nos seus tempos de juventude quando frequentava o Royal Ballet Academy, em Londres. O épico Doctor Zhivago (Doutor Jivago, 1965) foi o seu primeiro filme na idade adulta, a que se seguiram muitos outros, entre os quais, The Four Musketeers (Os Quatro Mosqueteiros, 1974), Cria Cuervos (1976), Roseland (1977), Remember my Name (1978), Nashville (1975), The Wedding (O Casamento, 1978), estes dois últimos de Robert Altman, Les Uns Ou Les Autres (Uns e Outros, 1981), Chaplin (1992), em que personificou a sua própria avó, e The Age of Innocence (Idade da Inocência, 1993). De aspeto frágil e sensível, tem assumido papéis muito particulares, marcados por características especiais ou excêntricas. No seu currículo, conta-se também a autoria do argumento para o filme La Madriguera (1969). Mãe de dois filhos, Shane e Oona, é conhecido o seu longo relacionamento com o realizador espanhol Carlos Saura. Geraldine Chaplin teve até hoje várias nomeações para prémios dos Globos de Ouro (1993, 1976 e 1966) com Chaplin (1992), Nashville (1975) na categoria de Melhor Atriz Secundária, e Doctor Zhivago (Doutor Jivago, 1965), na categoria de Melhor Jovem Atriz Promissora, e também uma nomeação como Melhor Atriz Secundária em Wellcome to L.A (1977), para os prémios da Academia Britânica.
    Em 2001 esteve no Brasil na Abertura da Ilha de Caras – Angra dos Reis-RJ fazendo uma Homenagem a Chaplin, Museu Chaplibn.
    Em 2000 estive prtoagonizando Carlitos na Abertura da Ilha de Caras 2000, com presença dos globais, Luciana Guimenes, Beth Goffman, Juarez Machado entre outros.
    Geraldine protagonizou a Vida de Madre Tereza de Cálcuta.

  2. Não esquecer de sua grande interpretação de Coco Chanel no filme feito por Karl Lagarfeld. Procure-o no youtube. Ela está soberba. E tive a honra de encontrá-la recentemente pessoalmente no supermercado MONOPRIX de St Michel, ao lado de minha casa em Paris. Foi emocionante. Estava com seu marido passando o fim de semana aqui na Cidade Luz. Tivemos uma pequena conversa, mas marcante, Muito querida MESMO!!!!!!

  3. Ela fez mais alguns filmes com o Carlos Saura (diretor espanhol) na década de 1970 (Ana e os Lobos por exemplo). PS: O filme Cría Cuervos é muito bom, um dos meus preferidos!

Gostaríamos de saber a sua opinião sobre esse post. Utilize o formulário de comentários abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s